Beia Carvalho, palestrante futurista da 5 Years From Now® e Jackson Borges, SAP, tietando o incrível Dr Drauzio Varella.

 

Falando nele, ele é a razão de eu estar escrevendo sobre este assunto. Participei do Workshop da SAP sobre Bem-Estar esta semana. E o Dr. Dráuzio Varella foi o palestrante que abriu o debate. Nem sei como me referir a ele: comunicador, stand-up, guru? Acho que tudo isso junto. Foi um show!

Muitos aprendizados simples e, no entanto, tão complexos de fazer parte de nosso cotidiano! Com muito humor, sabedoria o mestre nos guiou sobre por que, como e quais os benefícios corporativos em focar no bem-estar dos seus colaboradores. Resumido aqui na sua frase espetacular: “O corpo em primeiro lugar. Se você não tem 30 minutos por dia para cuidar da sua máquina, a sua vida está errada.”

Trocando ideias no coffee-break com Jackson Borges, vice presidente de SuccessFactors, ele me confessou que também caminha dentro de casa quando tem que completar os 10.000 passos. E eu achando que era só eu!

Ele me explicou que o segredo de persuadir o ser humano a se engajar num programa de bem-estar é através da gamificação. Porque “jogar” te leva a competir consigo mesma e isso te leva a ser muito mais comprometida. E foi aí que compreendi como a tecnologia pode ajudar as empresas a trazer mais bem-estar para seus colaboradores. E como engajar líderes nesta jornada pelo bem-estar?

Termino aqui com mais uma reflexão do Dr Dráuzio Varella:

“Somos descendentes de nômades caminhando a procura de alimentos, somos o resultado da seleção natural de quem anda mais – o sedentarismo é o uso errado da máquina do corpo.”